Abril Azul: saiba mais sobre o mês de conscientização do autismo


O autismo, ou transtorno do espectro autista, é um distúrbio relacionado as dificuldades de comunicação e interação social que, em geral, é identificado na infância (entre um ano e meio e três anos). De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o transtorno atinge cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo. No Brasil, são cerca de dois milhões.

As pessoas com autismo apresentam desenvolvimento físico normal. A dificuldade está nas relações afetivas ou sociais. Existem alguns sinais de alerta aos quais os pais devem ficar atentos já no primeiro ano de vida da criança:

  • Baixo contato visual;
  • Perda de habilidades já adquiridas, como de balbuciar ou sorrir;
  • Ter mais interesse por objetos do que por pessoas;
  • Não se voltar ao ouvir sons e ruídos;
  • Não responder quando chamado pelo seu nome;
  • Demonstrar incômodos aos sons altos;
  • Apresentar distúrbio do sono de moderado a grave;
  • Demonstrar-se irritado quando está no colo;
  • Não aceitar o toque;
  • Chorar ininterruptamente;
  • Ter o hábito de alinhar brinquedos e objetos com frequência;
  • Agressividade;
  • Resistência a mudanças na rotina.

O distúrbio é classificado em três níveis:

  • Nível 1 (leve): enquadra-se nesse nível as pessoas que possuem alto grau de autonomia, porém, elas costumam ser rígidas e ter grande controle com relação a rotinas e, na maioria dos casos, quando as coisas saem do esperado, elas podem entrar em crise;
  • Nível 2 (moderado): há um comprometimento das habilidades de comunicação, com limitação nas interações sociais;
  • Nível 3 (severo): necessita de maior auxílio para desenvolver as atividades do dia a dia, pois apresenta dificuldades para se comunicar, compreender e se expressar.

O autismo não é diagnosticado por exames laboratoriais ou de imagens. Em geral, o médico leva em consideração o histórico clínico da criança, seu comportamento e os relatos dos pais. Segundo o critério do Manual de Diagnóstico e Estatística de Transtornos Mentais, da Associação Americana de Psiquiatria, a criança poderá ser diagnosticada com autismo se apresentar pelo menos seis dos sintomas citados acima.